quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

O que tu precisas.



Bonita, o que tu precisa é de um cheiro meu
e o cheiro do meu cobertor enrolado no teu,
meus dedos fazendo carinho pra te ver dormir
e dessas poesias que fiz só pra te ver sorrir.
Das minhas canções de ninar,
do meu jeito de esquecer a hora
se estou junto a ti,
do meu universo teu
e que teu amor seja meu, Bonita.
Eu sei que em todos os dias
precisas de alguém pra falar
das dores e doces da vida,
teus assuntos um por um...
precisas vir conversar
com o peito mais apaixonado
do nordeste ao sul.
Quero te dar mil beijos com gosto flor
sem te negar que isso talvez seja amor.

7 comentários:

  1. Que a sua voz seja sempre ecoada pelos cantos que a buscam.

    Adoro ler o que escreves, Vini.

    De você, tenho admiração.

    ResponderExcluir
  2. Tu quer me apaixonar, é?
    Consegue de graça ¬¬

    ResponderExcluir
  3. "Bonita, o que tu precisa é de um cheiro meu"
    Tua cara isso..poética e pernambucanamente Vinícius!!!!!!! xero...

    ResponderExcluir
  4. Noooossaaaa, Vinnie!!! Arrasou...
    Simples e delicada... Uma maravilhosa declaração de amor! =D

    ResponderExcluir
  5. aprendeu direitinho einh?! huahuahua
    tá lindo, querido!

    ResponderExcluir
  6. Aprendi contigo num foi alma de gato! ¬¬

    ResponderExcluir
  7. que lindo velho. ler isso, e saber que tu escreveu isso pra mim, me enche de honra, e de orgulho, claro.
    te gosto de graça!
    cheiro :*

    ResponderExcluir